Olá, seja bem vindo a nossa loja!

4 Produto(s)

por página
Direção Descendente

Flores de Fevereiro

10/02/2015 09:15:37

O mês de Fevereiro é quente e com dias muito longos. Por isso, as flores nesse mês devem ser bem resistentes. Se você está procurando arranjos bonitos essas flores são ideais para o uso:

Astromélias

Antúrio

Orquídea

Gérbera

Gipsófila (mosquitinho)

Girassol

Lisianthus

Rosa 

Flores de diferentes tipos podem ser usadas para a decoração de casamento no mês de Fevereiro. Do tradicional ao favorito tropical exótico, o verão oferece uma variedade de cores e tipos de flores, de formas arrojadas e cores brilhantes que ficam como golpes de contrastes num fundo verde.

Comentários | Posted By redes tdzain

Maria-sem-vergonha, Dama-da-noite... Sim, acredite, estamos falando de plantas. Os nomes dessas espécies dizem muito sobre elas, como revelar alguma característica ou comportamento da planta. Sim! Algumas delas podem ser bem geniosas!!! Listamos algumas com nomes curiosos (ou diferentes) para você conhecer um pouco mais.

Gloriosa

Gloriosa: O nome, que também é um adjetivo, tem tudo a ver com essa planta que é da família do lírio, e é uma trepadeira. As flores muito vistosas podem ser em tons de vermelho e amarelo. Elas sofrem uma torção e o órgão reprodutor dela dica totalmente à vista sob as pétalas. A gloriosa adora a primavera e o verão.

Boca-de-leão: Quem nunca apertou as laterais da flor, talvez nunca entenderá porque ela leva esse nome. A boca-de-leão é uma herbácea da região mediterrânea e pode ser vista de várias cores na primavera e no inverno. Precisa de sol para formar maciços.

Brinco-de-princesa: O nome popular dessa herbácea é totalmente justificável pela forma que se ele apresenta: as flores ficam como se estivessem penduras nos galhos. Ela adora sol e se adapta bem a vasos e jardineiras. A cor fúcsia não existia antes dessa planta, que tem como nome científico Fuchsia Hybrida.

Dama-da-noite: Essa planta pode ser facilmente encontrada em todas as estações do ano! E é por isso que essa trepadeira leva esse nome. A noite, quando as flores se abrem e exalam seu perfume forte, se tornam um atrativo para as mariposas – que fazem sua polinização.

Flor-da-paixão: Dado por Monges, o nome da flor do maracujá está associado à paixão de Cristo. Se você reparar bem poderá encontrar na planta uma franja que representa a coroa de espinhos que Jesus teria usado e mais, em seu miolo, algumas “estaquinhas” que simbolizam as chagas. Em uma de suas espécies, a flor é vermelha e também pode simbolizar o sangue de Cristo.

Copo-de-leite: Da mesma família da jibóia e da costela-de-adão, ela adora locais brejosos, muito úmidos, mas aceita cultivo a pleno sol e à meia-sombra. Ela veio da África e lembra muito uma taça cheia de leite, e por isso leva esse nome.

Lança-de-São-Jorge: As folhas dela são cilíndricas, longas e pontiagudas, por isso são chamadas de lanças. Existe a crença popular de que essa espécie protege contra o mau-olhado e por isso também leva o nome de São Jorge. 

Gota-de-orvalho: Podemos dizer que pode ser considerada um prima da Dama-da-noite. Mas apesar do parentesco, ela prefere florescer no amanhecer. A herbácea rasteira forma um conjunto e suas flores brancas e pequenas parecem gotas de orvalho sobre o verde de suas folhas. 

Amansa-senhor: Árvore medicinal e seu nome pode ser explicado pelo uso de suas folhas para fabricação de sedativos na medicina popular. O vermelho intenso de sua flor, formada entre os meses de maio e junho, a torna bastante ornamental. Ideal para a arborização de parques, praças e jardins.

Comigo-ninguém-pode: Indicamos para quem não tem muita habilidade para cuidar de plantas, pois é super resistente. Ela é muito tóxica. Usando um microscópio, nota-se a presença de pequenos cristais dentro das células de suas folhas. Se ingeridos, instalam-se na traqueia e criam um edema que pode levar à morte. Cuidado com os bichinhos de estimação!

Maria-sem-vergonha: Suas sementes foram trazidas pelo imperador Dom Pedro I, porque ele sentia saudade do Palácio de Viena, e plantadas no Jardim Botânico.  Ela se adaptou muito bem ao clima e ao local e levou esse nome pela facilidade de acomodação.

Agapanto: É um amor de flor! Exatamente isso! É que seu nome vem do grego ágape, que significa amor, e anthos, flor. A herbácea africana pode ser cultivada em jardineiras, canteiros ou bordaduras a pleno sol ou à meia-sombra.

Primavera: O arbusto brasileiro ganhou o mundo e compõe jardins por todos os lados. Suas flores nascem entre o outono e... Na primavera, é claro. Vem daí o nome popular mais conhecido, e pouco criativo. No entanto, a parte mais chamativa da planta é formada pelas suas brácteas: folhas modificadas e coloridas que atraem polinizadores e dão proteção à flor minúscula. 

Dinheiro-em-penca: Seu nome já sugere um pouco de sua forma. Suas folhas tem formato de moeda e crescem em grande volume. É muito usada como forração e à meia-sombra forma volumosos canteiros. Em vasos ganha um aspecto pendente. Os seguidores do Feng Shui a usam para atrair prosperidade.

Flor-batom: Quando falamos em batom normalmente pensamos em vermelho. E o carmim das flores explica o seu nome popular, mas há quem diga que o formato também é bem parecido com o de um batom. É cultivada em vasos e jardineiras como planta pendente ou como forração, à meia-sombra ou em locais livres de sol direto.

 

Fonte: Revista Casa e Jardim

Comentários | Posted By redes tdzain

Jardim animal!

20/01/2015 13:30:42

Hoje o papo será um pouco diferente. Sempre falamos aqui no blog sobre a beleza das plantas seja sozinhas em seus vasos ou compondo o visual da casa e do jardim. Neste post, queremos tratar de assunto que irá unir os amantes das flores e plantas, e os amantes dos animais.

Não acredita?! É verdade. Pode ser contraditório, porque quem tem bicho sabe que eles mastigam tudo que encontram pela frente e isso ocorre não só por travessura, mas porque tanto os gatos quanto os cachorros comem gramíneas ao sentir algum desconforto estomacal. Quem ama um jardim bonito e ainda sim quer garantir a saúde do pet precisa ler isso!

Um jardim bem tratado atrai muitos olhares. E os pets também se interessam! Eles enxergam ali um parque de diversões. O pior é que quando eles têm livre acesso o resultado é buraco no chão e folhagens mordidas e arrancadas. Mas você tem como evitar esse desastre no jardim e uma intoxicação alimentar no seu companheirinho. Comece pela escolha das plantas.

Prefira as mais resistentes, com caules e folhas firmes, a exemplo das palmeiras fênix, ráfis e cica, das arbustivas pleomele e buxinho, e das trepadeiras, como a tumbérgia. Destine uma área do jardim para o seu pet: um cantinho com areia e/ou pedrinhas já fará com que ele prefira urinar e cavar em outro local que não seja as plantas e a grama.

Além disso, você pode plantar a grama de gato (ou fazer grama a partir de grãos de milho, alpiste, painço, que é só plantar e regar e o gatinhos adoram), que cumpre as duas funções de embelezar um cantinho só deles e ajudar na digestão do seu bichano (por causa das bolas de pelo que os gatos acabam expelindo).

Se quiser compor com outras plantinhas sem perigo de digestão sugere-se o uso de erva-cidreira, hortelã e os nutritivos brotos de trigo, e cevada. A gente duvida que seu pet irá procurar suas flores com um cantinho tão saboroso para ele!

Mas o perigo pode morar no quintal. Como todo cuidado é pouco com pets arteiros, muita atenção com a vegetação que machuca, como as pontiagudas e espinhosas coroa-de-cristo, espada-de-são-jorge e roseira. Ainda tem as plantas tóxicas, que provocam irritações e podem levar à morte se ingeridas em grande quantidade.

São elas: azaleia, hortênsia, alamanda, mamona, bico-de-papagaio, samambaia, copo-de-leite, comigo-ninguém-pode, espirradeira, costela-de-adão, macadâmia e lírio. E não é só por curiosidade que os animais mastigam as folhas. A maioria come gramíneas ao sentir desconforto estomacal e quando precisa provocar o vômito – os gatos usam esse método para liberar bolas de pelos que engolem em sua higiene. Ah! E fique de olho nos rótulos de adubos e inseticidas da jardinagem, pois alguns podem ser nocivos.

Mas calma, não precisa deixar de ter essas plantas! Jardim suspenso para as plantas tóxicas, é uma ótima saída para você pode cultivar o que quiser longe de focinhos curiosos. Para não abrir mão da coleção de orquídeas e bonsais, pendure-os em troncos e arranjos verticais fora do alcance deles.

Existe também um spray (Pet Away) que atua como um repelente, a ser aplicado em locais de acesso proibido. Segundo veterinários, a fórmula não afeta a saúde dos bichos nem das plantas. Ouvimos dizer que nem sempre funciona mas não custa tentar não é?

Se é para o bem do jardim e do seu bichinho, todos ficamos felizes!

 

 

Fonte: Casa Abril e Hora do Pet

Comentários | Posted By redes tdzain

    A cidade de Córdoba, na Espanha, organiza todo ano uma grande competição! Mas não estamos falando de esportes obviamente. O desfile chamado “Batalha das Flores” acontece junto com a competição Fiesta dos Pátios, feita entre quem tem os vasos mais bonitos na janela durante a primavera europeia. A estação já é linda em sua natureza, mas ganha um incentivo a mais.

    A população parece se empenhar bastante na hora de decorar suas grades de ferro e fachadas com plantas e flores, com destaque para jasmins, gerânios e cravos, além de fontes de água. Nem sempre os pátios são acessíveis, por serem propriedade privada, mas durante o grande festival, eles ficam abertos para que todos se encantem com tamanha beleza e charme.

    O incentivo do concurso deu tão certo que a cada ano o número de participantes cresce. A premiação para o vencedor com a mais bela e conservada decoração é não só dinheiro, mas bastante prestígio e reconhecimento na cidade. A tradição de pátios decorados, alguns datados no século X, vem dos árabes, que pensaram nisso como solução para refrescar o clima seco, tornando esses lugares perfeitos para reunir a família e fugir do calor.

    Uma ótima ideia não é? Veja alguns exemplos e inspire-se:

 

Fonte: http://www.hypeness.com.br/

Comentários | Posted By redes tdzain

4 Produto(s)

por página
Direção Descendente